Aprofundando a Revolução Russa de 1905: liberais e mencheviques no comando

Oi, Pessoal

O post de hoje é para todos os queridos seguidores do Aline & Os Livros, mas é específico para os que estão acompanhando, lá no Youtube, a minha série de vídeos da revolução.

Quero trazer alguns esclarecimentos sobre nomes de órgãos e personagens políticos superimportantes para o desenrolar dos acontecimentos daquele ano de 1905. Para evitar uma infinidade de vídeos no Youtube sobre o tema ou levar vídeos muito longos para vocês, eu optei por trazer essas explicações em posts aqui no meu blog.

ISKRA: significa “faísca”, “centelha” em Russo. Importante Órgão Social-Democrata. Foi um jornal criado e financiado por russos socialistas que viviam no exterior, na Alemanha mais precisamente. Era o principal órgão do famoso POSDR (Partido Operário Social-democrata Russo), que foi ativo entre os anos de 1901 e 1905. Nele eram divulgados conteúdos de caráter revolucionário marxista. O principal redator de artigos era Fyodor Ilych Dan.

FIODOR ILLICH DAN (1871-1947): um revolucionário mechevique, de origem judaica, que assinou vários chamados aos estudantes universitários através dos números do jornal ISKRA, para que esses fossem às Universidades não mais para estudar mas para impulsionar a revolução.

 

ISPOLKOM: A Nata do soviete de São Peterburgo. Comitê executivo que contava com 31 membros oriundos dos representantes de vários bairros (distritos) de São Petersburgo, de sindicatos e de partidos socialistas. Desses membros, apenas 1/4 aproximadamente eram de partidos socialistas radicais. A parcela de Bolcheviques na época (1905) ainda era muito pequena. Somente em 1917, os bolcheviques vão reviver esse Comitê para organizar as ações do partido e concretizar o golpe bolchevique.

PÁVEL MILIUKOV (1859-1943): Foi o fundador e o líder do Partido Democrata Constitucional, um partido composto por professores, acadêmicos, advogados, escritores, jornalistas, doutores, oficiais e governantes liberais de Zemstvos. Ficou na presidência da União das Uniões, a organização mais abrangente e mais radical. Miliukov era liberal em suas palavras mas estava disposto aos atos mais anarquistas para obter do czar a aprovação de um Parlamento e de uma Assembleia Constituinte.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *