Ler é ter o mundo nas mãos!
“O amor nos tempos do Cólera”, Gabriel García- Márquez, vídeo 4: Finalizando a leitura de março

Este é o final da história! Não o final completo porque não vou antecipar nada crucial do desfecho do livro, da cidade, do amor e da Companhia Fluvial do Caribe! Hoje encerramos nossa leitura do mês de março de 2018. Espero que vocês gostem e que um dia leiam o livro!   https://www.youtube.com/edit?o=U&video_id=uXG8LUco5Zs  

A Revolução Russa, vídeo 1
educação , livros / 13 de Abril de 2018

Pois é… mais uma vez vocês vão me encontrar em solo russo, sob a atmosfera cultural e política Romanov, no fin-de-siècle com as greves universitárias e os levantes dos estudantes em São Petersburgo, Moscou e Kiev. Mais uma vez eu me rendo ao encantamento e à complexidade de uma época que precisa ser estudada, sobretudo para compreendermos o que se passa atualmente no Brasil. Mais uma vez qualquer semelhança com nossa realidade ...

A Revolução Russa, vídeo 2

Vídeo 2 sobre a Revolução Russa. Minhas referências básicas nesta série de vídeos que acabei de começar são: A Revolução Russa, de Richard Pipes; Nicolau & Aleksandra, de Robert K. Massie; Autopsy of an empire, de Dmitri Volkogonov; Nos meus vídeos eu conto pra vocês sobre minha experiência com esses autores e a ênfase que cada um dá a determinado aspecto da história da Rússia.

A biblioteca de Iuriátin

Um olhar pessoal sobre a biblioteca de Iuriatin, uma personagem super importante do livro Doutor Jivago! Não tanto por servir de palco para o reencontro de Iúri e Lara mas por ser o ponto de encontro e ao mesmo tempo de fratura, entre dois mundos, duas classes, uma infinidade de semblantes que se refugiavam mais nas suas paredes que na intimidade doa livros. Quer saber mais sobre esse lugar mágico? Então dê play no vídeo!  

Doutor Jivago, Boris Pasternak

Eis a playlist com os vídeos que eu fiz, para o Aline & Os Livros, comentando o livro maravilhoso de Pasternak “Doutor Jivago”.     Doutor Jivago, de Boris Pasternak, foi escrito entre 1945 e 1955. A primeira edição desse livro não foi em russo mas em italiano e foi lançada em 1957. O texto em russo, foi publicado em 1958, numa edição pirata na Holanda mas não era o texto original, mas uma versão editada que decepcionou...

O mestre de Petersburgo, J.M. Coetzee

Oi, Pessoal Hoje eu trago pra vocês um vídeo sobre um livro incrível que eu já li 2 vezes e que, se tivesse mais tempo e menos livros para ler, eu leria de novo. Dá pra devorá-lo em 2 tardes ou no espaço de um dia mesmo, como você preferir. Ler essa obra é como visitar a Rússia imperial! O interessante é que a narrativa tem aquele gostinho de Rússia, de romance de Dostóievski e sem sê-lo. O Coetzee nos faz mergulhar na São Petersburg...

Cartas a Théo, Vincent Van Gogh

Vincent Van Gogh, Cartas a Théo   Adiei ao máximo o início da leitura do livro, adiei e adiei sempre lendo outros textos antes de começar mas na verdade eu estava com medo de começar o ano numa decaída! Estava com medo de entrar em uma leitura fúnebre e angustiante rótulo que eu estava dando às cartas de Van Gogh a seu irmão Theo e me surpreeendi com o início do livro, pois Van Gogh trata de amenidades. As primeiras cartas são c...